leed capa projetoblog

LEED – Leadership in Energy and Environmental Design

Gilberto Baroni Jr.

LEED, em português Liderança em Energia e Design Ambiental é uma certificação internacional que mede a eficiência ambiental de construções ou comunidades. Sua criação é uma parceria do Conselho de Edifícios Verdes dos Estados Unidos (USGBC) e pelo presidente da LEED, Robert K. Watson e teve o objetivo de implementar a prática e medir os benefícios para a construção, gestão e manutenção de eficícios. Desde sua primeira utilização em 1998, o selo já está presente em mais de 30 países e 140.000.000 m². Seus principais critérios são: economia de energia, eficiência no uso da água, redução de CO2, aumento da qualidade interior dos ambientes e proveniência dos materiais e seus impactos.

 

Selo Leed


Basicamente, existe cinco categorias onde um edifício possa se encaixar:Green Building Design & Construction;Green Interior Design & Construction;Green Building Operations & Maintence;Green Neighborhood Development;Green Home Design and Construction.Em cada categoria, há subcategorias como construções novas, escolas, áreas de saúde, etc. E depois de ser encaixado numa categoria ele recebe uma pontuação, segundo o critério LEED, que vai de 1 a 100 pontos.Certificado: 40 a 49 pontos;Prata: 50 a 59 pontos;Ouro: 60 a 79 pontos;Platina: 80 ou mais pontos.

 

Sistema de pontuação atual (environmentalgeography.wordpress.com)

O principal benefício, vem depois da construção, o edifício com uma certificação de 60 pontos, possui uma eficiência energética de 25 a 30%, que um edifício comum, além dos benefícios projetuais resultantes dos critérios. Vale lembrar que como LEED é uma certificação terceirizada, existe um custo para obter o selo, mas o custo pode ser absorvido depois que a obra estiver concluída.Atualmente o edifício que possui a maior pontuação LEED (Platina), é o Philip Merrill Environmental Center (2001), em Annapolis, Maryland nos Estados Unidos. Para conseguir isto, entre outras coisas ele se destaca no uso de materiais reciclados, recursos renováveis e uso passivo e ativo da energia solar.

 

Philip Merrill Environmental Center, sede da Chesapeake Bay Foundation (smithgroup.com)

 Fontes: www.greenlivingprojects.com

Gilberto Baroni Jr.
Vindo de Ponta Grossa, Giba é louco pelo Coxa, por vídeo-games e cristais Swarovski. Encontrou na arquitetura um mar repleto de desafios intelectuais, combustível diário na pesquisa e execução de seus projetos. Cresceu ouvindo o clássico heavy metal, mas, hoje em dia, é eclético quando em boa companhia. Não espere publicações usuais.

Ver todos os posts de .

Comente você também! 2 comentários

Comente