leggitto26t03

Drawing Shortcuts – Jim Leggitt

Rodolfo Parolin Hardy

“Toda criança é uma artista. O problema é como continuar sendo artista depois de crescer”
Pablo Picasso.



Com essa frase inicia-se o livro, Drawing Shortcuts, escrito pelo arquiteto norte americano Jim Leggitt, com o intuito de resgatar o hábito do desenho a mão livre, principalmente nos estudantes.

A idéia do livro, que foi traduzido para “Desenho de Arquitetura – Técnicas e atalhos que usam tecnologia”, é utilizar de artifícios tecnológicos como softwares, fotografias e projetores, juntamente com o desenho por meio de canetas, lápis de cor e marcadores para que seja possível tirar o máximo proveito dos dois universos.
Em um ambiente acadêmico, com muitos projetos e prazos apertados, ou na correria do dia-a-dia do escritório, surge a necessidade de gerenciar o tempo e os custos. Os atalhos ensinados no livro tem o intuito de possibilitar representações gráficas eficientes sem sair desse ritmo acelerado.

Segundo Thomas Edson, “genialidade é um por centro inspiração e noventa e nove por centro transpiração“. Segundo o próprio livro, o intuito é mostrar como gerenciar esses noventa e nove por centro necessários para que o um por cento vital não se perca por falta de tentativas.

Perspectiva realizada com o Google Earth como base.

“Mockup” com lápis vermelho  -> Caneta Nanquim -> Colorido por marcadores

Desenho colorido digitalmente.

Nanquim com marcadores Chartpak

Para visualizar mais trabalhos do autor acesse o seu BLOG.

O projetoBLOG realizou uma entrevista exclusiva com o autor, que inclusive se mostrou entusiasmado com a idéia de vir ao Brasil realizar um workshop. A entrevista será publicada no meio da próxima semana, não deixem de conferir!

Rodolfo Parolin Hardy
Desenha desde criança, hoje trocou o Mario Paint por sua inseparável tablet. É curitibano, e, se quiser encontra-lo, dirija-se à Arena da Baixada em dia de jogo. Em horas vagas pode ser visto como Sushi-man, cartunista ou centroavante.

Ver todos os posts de .

Comente você também! 5 comentários

  1. Acredito que a prática do desenho em um curso como o de Arquitetura é importante, diria até essencial. Pena que muitos professores e alunos tem como o foco os programas CAD.

    #
  2. Excelente o trabalho! Realmente o desenho à mão livre ou mesmo croquis instrumentados são parte fundamental no estudo da arquitetura, porém, creio que a liberdade em aliar tais técnicas à computação e tecnologia é algo que deve crescer imediatamente!

    #
    Carlos
  3. Orra muito bom guilao! avise agente sobre esse workshop!! curti pra kralho!

    #
    Alexandre Chien
  4. Estou no curso de Arquitetura no 8º período e sei que é uma realidade os profissionais que vão se formar junto comigo, só sabem projetar no cad , a mão livre não se encontra, um aluno que domine a técnica é uma pena,porque os melhores arquitetos do mundo iniciam seus trabalhos através do desenho a mão livre ou croquis.

    #
    Teresa Campos -RJ
  5. Já li esse livro uma vez, é ótimo!

    Estou no 2º período de Arquitetura e agradeço muito a meus professores por tirarem tanto o foco do projeto em software e resgatarem a prática do desenho. Por mais avançado que seja o programa, nunca vão conseguir expressar a mesma emoção de um trabalho feito a mão no computador

    #
    Hérico

Comente